A equipe policial recebeu solicitação de uma mulher que é uma voluntária da ADAC (Associação dos Defensores dos Animais de Chopinzinho), e ela relatou que na comunidade do Bugre, zona rural de Chopinzinho, havia um animal (cachorro), que estava sofrendo maus tratos, e que o proprietário um homem de idade avançada, não aceitava e ameaçava as voluntárias da ADAC quando estas tentavam alimentar e cuidar do animal, por esse motivo solicitaram o apoio da equipe policial, pois como já haviam orientado varias vezes o proprietário, para que cuidasse do animal mas ele não o fazia, então esse animal seria recolhido e levado para uma pessoa que se disponibilizou a cuidar dele. 

No local a equipe policial constatou que o referido animal estava muito magro, sem água e qualquer tipo de alimentação, e sem um abrigo (casinha). O proprietário da residência ao visualizar a equipe das voluntarias da ADAC, evadiu-se em direção ao matagal, não sendo possível localiza-lo. O animal foi recolhido para cuidados de um veterinário, além de demais cuidados como alimentação e água.

OBS: A policia Militar orienta mais uma vez os proprietários ou responsáveis pelos animais, quanto aos cuidados necessários a estes, e quanto a responsabilização criminal em casos que esses cuidados não sejam observados.

FONTE PM


0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros