Compareceu neste pelotão uma senhora, a qual relatou que a aproximadamente 05 dias atrás recebeu uma ligação, onde a pessoa se identificou como sendo advogado de uma empresa financeira, o qual questionou a senhora se tinha interesse em quitar o financiamento que tinha em nome de seu esposo, referente a um veículo junto a financeira. Que a dívida parcelada era em torno de R$ 37.000,00 reais e que se a mesma quitasse esse valor passaria para R$ 22.000,00 reais. A senhora por estar negociando o veículo resolveu fazer a quitação. 

Que a senhora conversava através do aplicativo whatsapp, a princípio com um atendente da financeira. Que por acreditar que estaria realmente conversando com a financeira a senhora confirmou a negociação recebendo assim um boleto no valor de R$ 22.000,00 reais, e efetuou o pagamento do referido boleto no dia 10/04/2019. 

Que na data de hoje a mesma entrou em contato novamente solicitando a baixa do gravame para realizar a transferência do veículo, porem solicitarão uma nova taxa de R$ 1.600,00 reais. Que a senhora começou a desconfiar da situação devido a nova cobrança, indo até uma agencia do PROCON, onde foi entrado em contato com a  financeira, sendo que foi informado que não havia entrado nenhuma negociação para quitação de financiamento em nome de seu esposo. Que após esse fato a solicitante acredita ter sido vítima de estelionato. Diante dos fatos a solicitante foi orientada quanto aos procedimentos cabíveis. 

FONTE PM

0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros