A equipe policial recebeu uma solicitação anônima informando que um veículo GM/Astra de cor prata, havia ameaçado alguns pedestres quando atravessavam a faixa de pedestre próximo ao restaurante Bem Estar. Enquanto realizava patrulhamento juntamente com a equipe CPU, na área central da cidade, foi possível visualizar o veículo GM/Vectra de cor prata, com as características e placa repassadas na denúncia em atitude suspeita, e quando percebeu a presença das viaturas policiais, começou a desenvolver uma velocidade superior à permitida na via, não sendo possível se aproximar para aborda-lo, sendo então acompanhado pelas viaturas sentido a cidade de Coronel Vivida onde através do COPOM 3ª CIA, iniciou-se um cerco policial. 

Já na rodovia PR 158, após a comunidade de encruzilhada, depois do quebra-molas, na conhecida subida do Bocalon, foi possível abordar o referido veículo que parou e acatou as ordens emanadas pelas equipes policiais. Em busca pessoal e veicular, nada de ilícito foi constatado nos quatro abordados identificados posteriormente. Após consulta no sistema SESP/INTRANET, nada de ilícito foi constatado com os quatro ocupantes do veículo, porém constatou-se débitos de licenciamento (veículo bloqueado), os pneus estavam carecas, não possua os equipamentos obrigatórios macaco, chave de rodas, chave de fenda e triângulo, estava com o para brisa dianteiro trincado, lanterna traseira do lado esquerdo quebrada, além disso possuía várias garrafas de bebida alcoólica cheias e vazias dentro do veículo, momento em que percebeu-se que o condutor estava com odor etílico. 

Diante desses fatos, foi conduzido o veículo e condutor, até o Pelotão-PM, sendo que os demais abordados foram orientados e liberados no local. Já nas dependências do Pelotão-PM, foi ofertado ao condutor a oportunidade de realizar o teste de alcoolemia utilizando o etilometro, mas ele se negou. A equipe policial recolheu o veículo ao pátio do Pelotão-PM, e lavrou as notificações de trânsito nos artigos 165-A (recusar-se a ser submetido a teste de alcoolemia), 166 (entregar o veículo a pessoa com capacidade psicomotora alterada), 230 V (dirigir veículo registrado que não esteja licenciado), 230 IV (sem equipamento obrigatório), 230 XXII (lanterna quebrada), 230 XVIII (pneus carecas e para brisa trincado). A CNH do condutor foi recolhida. Após o termino da confecção da documentação pertinente, o condutor foi orientado quanto aos procedimentos e liberado.

FONTE PM

0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros