No ultimo domingo, 22 por voltas das 19 horas a equipe foi solicitada via celular de emergência, na qual a solicitante relatou que haviam se envolvido em um acidente de transito e o outro jovem envolvido estava agressivo e queria agredir seu namorado. Diante do fato a equipe deslocou rapidamente até a rua 14 de Dezembro onde visualizou uma aglomeração de pessoas. Realizado a abordagem e nada de ilícito foi encontrado com os envolvidos, na sequência a equipe identificou os envolvidos, o condutor e proprietário do veículo VW/Gol, cor branca, tendo como passageira a solicitante, e a outra parte envolvida o condutor e proprietário do veículo VW/Parati, cor cinza, tendo como passageira uma mulher. Segundo o condutor do VW/Gol, ele trafegava pela Av XV de Novembro no sentido Centro/Bairro e ao realizar a conversão à esquerda pela rotatória para adentrar a Rua Diogo Antônio Feijó o condutor da VW/ Parati deixou de dar preferência ao seu veículo que circulava pela rotatória, vindo a colidir na lateral deste, causando danos na porta do caroneiro e na lateral esquerda. 

Em continuidade a equipe ofereceu a possibilidade de ambos os condutores serem submetidos a teste etilométrico, sendo realizado pelo condutor do VW/Gol e obteve o resultado de 0,00 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. No entanto ao oferecer a possibilidade do condutor da VW/Parati realizar o teste etilométrico, este recusou-se, informando que havia ingerido 2 latas de cerveja. Na sequência ao realizar vistoria nos veículos foi constatado que o veículo VW/Parati, encontrava-se rebaixado, solicitado documentação que comprovasse que o veículo estava legalizado para rodar de tal forma, o condutor desta relatou não estar portando nenhuma documentação, bem como ao esterçar o volante o conjunto roda e pneu encostava na região interna do pára-lama. Como o veículo VW/Gol e seu condutor estavam com a documentação em situação normal, este foi orientado e liberado no local. Já o condutor da VW/Parati havia ingerido bebida alcoólica e ter se recusado a realizar o teste etilométrico, bem como apresentava odor etílico, motivos pelos quais foi conduzido juntamente com o veículo ao 2º Pelotão de Policia Militar de Chopinzinho, onde o veículo foi recolhido ao pátio ficando a disposição do Órgão competente de trânsito para regularização, e o condutor foi notificados nos Artigos 165A (recusar-se a ser submetido a teste, exame clinico, pericia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou substancia psicoativa conforme Artigo 277 do CTB), 230 *VII (conduzir o veículo com a característica alterada) e 232 (conduzir o veículo sem os documentos de porte obrigatório referidos no CTB) todos do Código de Transito Brasileiro. Ao término dos procedimentos o condutor da VW/Parati, também foi orientado e liberado.

0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros