Na noite desta sexta-feira, 27, por volta das 8:15 a equipe policial foi informada pelo COPOM de Coronel Vivida, que funcionários do Instituto San Rafael teriam entrado em contato informando que no local haveria uma feminina dizendo ter sido estuprada. 

De pronto foi deslocado ao local onde foi entrado em contato com uma senhora de 59 anos, a qual passou um nome falso a equipe policial, informando que teria sido estuprada por um senhor de 65 anos, o qual estava ao lado de fora do hospital, relatou ainda que estavam em um bar localizado na Rodoviária de Chopinzinho quando combinou com o senhor de “ fazer um programa” e que pelos serviços receberia a quantia de mil reais, porém em seguida mudou a versão e relatou que não tiveram qualquer tipo de relação, devido estado de embriaguez do senhor, e que o mesmo teria lhe agredido e que por este motivo saiu correndo para pedir ajuda. 

Em conversa com senhor, este relatou que foram ao banheiro para ter relações sexuais porém não foi possível tal fato, que a senhora pediu a ele que mesmo assim lhe pagasse a quantia de dez reais, que ao abrir a carteira para pegar os dez reais a senhora teria furtado a quantia de mil e duzentos reais, saindo correndo em seguida, que para tentar recuperar o valor correu atrás dela até o hospital. Em seguida em revista a bolsa da senhora, foi localizado a quantia de mil e duzentos reais, que teria sido subtraído do senhor. 

Em seguida no pelotão a mulher foi identificada pelo seu nome verdadeiro, sendo detida pelos crimes de furto e falsa comunicação de crime. Foi confeccionado o presente boletim de ocorrência tendo as partes sido entregues na delegacia de Polícia Civil de Pato Branco.

FONTE PM

0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros