A equipe policial militar recebeu solicitação anônima na data de 26/08 por volta das 22:45 horas, informando que em um Posto de combustível, havia pessoas aglomeradas, bebendo e provocando algazarras. No local, com o objetivo de orientar os envolvidos, a equipe policial constatou algumas pessoas no referido posto, e que a caminhoneta MMC/L200 Triton de cor marrom, estava saindo do referido posto, e atropelou as correntes e balizas de ferros que cercam o pátio do posto, saindo pela Rua, trafegando em zig-zag em direção ao bairro San Genaro, sendo que a equipe policial tentou aborda-lo com sinais sonoros e luminosos da viatura policial, porém a ordem de abordagem não foi acatada, e o condutor posteriormente identificado, um homem de 39 anos, somente parou na frente de sua residência, na Rua Pedro Ivo. 

Após os procedimentos de praxe de abordagem, nada de ilícito foi constatado, apenas que o condutor estava em visível estado de embriagues alcoólica, trambaleando (dificuldade em equilibrar-se), odor etílico, olhos avermelhados, disperso, e com dificuldade para falar (fala enrolada). Após consulta no sistema Sesp/Intranet, constatou-se que o veículo estava com débitos de licenciamento (veículo bloqueado), último licenciamento no ano de 2017. 

Diante dos fatos, a equipe policial deu voz de prisão ao condutor e conduziu-o juntamente com o veículo até o Pelotão-PM, onde o veículo ficou apreendido e, foi ofertado a ele a oportunidade do condutor fazer o exame de alcoolemia, porém, o ele recusou-se, motivando assim, a confecção do Termo de Constatação de Sinais de alteração da Capacidade Psicomotora, conforme resolução n° 432/2013 do CONTRAN. Sendo assim, o condutor foi notificado nos artigos 165(Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência);166 (Confiar ou entregar a direção de veículo a pessoa que, mesmo habilitada, por seu estado físico ou psíquico, não estiver em condições de dirigi-lo com segurança) 230 V (Conduzir o veículo, que não esteja devidamente licenciado),e 195 (Desobedecer às ordens emanadas da autoridade competente de trânsito ou de seus agentes), todos do CTB. 

Após o termino da confecção da documentação pertinente, o condutor foi conduzido, até a delegacia da Policia Civil da cidade de Pato Branco-PR, onde ficou à disposição da autoridade policial de plantão.

0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros