A equipe policial foi informada através de uma ligação anônima na data de 06/09 por volta das 20:30 horas, relatando que uma mulher estaria apanhando do seu marido, sendo que também o mesmo estaria quebrando todos os moveis da casa e que prometeu matar a mesma com uma faca. Diante da Informação e das características do autor a equipe policial se deslocou a Rua das Canelas, Bairro Cristo Rei, onde ao chegar na residência encontrou a mesma fechada com algumas roupas espalhadas em frente, onde segundo informações de populares a Vítima teria ido até o Instituto San Rafael devidos as lesões que apresentava em seu corpo.

Após a equipe realizou patrulhamento nas proximidades do local no intuito de localizar o agressor, sendo visualizado o mesmo retornando para a residência, sendo de imediato realizada a abordagem, onde em busca pessoal foi localizado em sua cintura do lado esquerdo uma faca de aproximadamente 20 Cm de comprimento, após ser identificado como sendo o autor das agressões, foi dado voz de Detenção ao mesmo de acordo com a Lei 11.340/2006. Durante o deslocamento até o Instituto San Rafael para falar com a vítima, a equipe policial recebeu uma ligação de um vizinho da vítima, relatando que a mulher estaria com ele no pelotão de Polícia Militar aguardando a equipe policial. 

A equipe policial ao chegar no pelotão conversou com a vítima, a qual relatou que havia se separado havia 6 meses do agressor e que o mesmo teria ido embora para a cidade de Monte Carlo/SC e que na data de 05/09/2020 havia retornado para a cidade de Chopinzinho/PR para ver a sua filha de 08 anos, sendo que após ter ingerido bebida alcoólica seu ex começou a agredi-la pegando ela pelo pescoço vindo a apertar a mesma tentado sufocá-la, sendo que também realizou vários socos na região da face mais precisamente no olho Direito vindo a deixar o mesmo lesionado com hematomas, também devido as agressões deixou os dois ombros e as duas pernas da vítima com hematomas. Ainda relata a vítima que as agressões iniciaram desde as 13h00 e somente a noite a mesma conseguiu fugir e pedir ajuda. Após as partes foram encaminhadas até o Delegacia de polícia Civil de Pato Branco/Pr para procedimentos cabíveis ao fato.

0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros