A equipe policial militar foi acionada por vizinha a qual relatou que sua amiga estava sofrendo agressão de seu ex convivente. A equipe se deslocou para o Bairro Frei Vito e no local a equipe policial foi informada pela vítima que chegou do trabalho e foi até a casa de seu ex companheiro para pegar a sua filha de 2 anos e 9 meses e percebeu que seu ex estava embriagado e no momento que pegou a sua filha rapidamente para sair e evitar transtornos já sabendo da índole de seu ex, o homem foi em sua direção com uma lata de cerveja e atirou a vítima acertando de raspão. 

Em momento continuo o homem pegou uma cadeira e mesmo a vítima com a filha nos braços o agressor jogou a cadeira que pegou em suas costas da mulher que se desequilibrou e caiu no chão e conseguiu se apoiar com a mão direita que ficou lesionada devido a queda. Após o ocorrido mulher gritou por socorro e sua vizinha foi prestar socorro. Quando a vizinha pegou a criança no colo e levou para a sua casa que fica próximo e o homem foi atrás tentando empurrar para pegar a criança. 

Quando a vitima chegou na sua casa o homem ainda agressivo tentou entrar na residência da vizinha e nesse momento o seu marido na tentativa de impedir que o agressor entrasse na sua casa para continuar as agressões o mesmo foi empurrado e que para se defender e defender a sua integridade física e de seus familiares atingiu o agressor com um soco na face. Após o ocorrido o agressor proferiu palavras de ameaça, relatando que isso não ficaria assim e que iria em sua casa se armar, momento esse que a vizinha entrou em contato com a equipe policial. 

Quando a equipe policial chegou na frente da casa de agressor o mesmo disse que ninguém o tiraria da casa, pois não existia mandado judicial contra ele, momento em que a equipe policial tentou verbalizar para que o mesmo acatasse a voz de abordagem o mesmo disse que ninguém manda nele em casa sendo que para condução do mesmo foi necessário uso de força com técnicas de imobilização, sendo que o agressor irredutivelmente não queria ser conduzido. Após imobilização o mesmo disse ter ingerido bebida alcoólica e estava fora de si. 

Diante do ocorrido o agressor recebeu voz de prisão e foi encaminhado pelo crime de Violência Domestica contra sua ex mulher e ameaça contra a sua vizinha.

0 comentários:

Postar um comentário

Nossos Parceiros

Previsão do tempo

Estamos no Facebook

Nossos Parceiros